"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

sexta-feira, 17 de março de 2017

Boletim 234 - [ Quis amar-te... Coragem... Minha pele... ]











 












Quis amar-te...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 18/dezembro/2016


Quis amar-te como ‘mar’ sereno,
Contudo és completa tempestade,
É céu indomável, absoluto de si,
É feito extremos e impulsividades;

Quis amar-te como ‘mar’ sereno,
Mostrar-lhe a beleza da noite e da lua,
Ofertar a suavidade das pétalas da rosa,
Porém, és força ainda sem controle;

Não desisti de ti, mas fiz-me prudente,
Escolhi a distância e o silêncio d’alma,
Conheces minhas emoções e sentimentos;

Não desisti de ti, mas fiz-me prudente,
Ainda ‘tocarei’ a minha música na solidão,
Quem sabe um dia acompanhar-me-á...
























Coragem...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 10/dezembro/2016


Um dia, quem sabe, contarei a ti os meus segredos,
Direi o quanto lhe desejei, o quanto lhe quis ao lado,
‘Construir’ um viver a dois, entre alegrias e adversidades,
Sentir o ‘sabor’ dos teus lábios, o prazer dos teus beijos;

Um dia, quem sabe, contarei a ti os meus segredos,
Quanto almejei ao tocar da tua pele saciando a ‘minha’,
Minhas mãos em tuas mãos, carícias, afagos, muito mais,
O som da tua voz ora suave, ora provocante a me excitar;

Fez-me a vida e o tempo entender e assim me conformar,
Somos feitos de prazeres, de dores e de paixões infindas,
Algumas ficam e se ‘perdem’ com o seguir da caminhada;

Fez-me a vida e o tempo entender e assim me conformar,
Outras ficam e ‘florescem’ em nosso peito e se fazem amor,
Mesmo que não sejamos unidos em vida, seremos eternos.
























Minha pele...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 08/dezembro/2016


Minha pele se arrepia só de pensar na tua,
Meus poros me enlouquecem com desejos,
Absorvo-me de sensações já quase esquecidas,
Sinto pulsar a vida que não se fazia mais vida;

Minha pele se arrepia só de pensar na tua,
A razão já me descontrola, imagina as emoções,
O que dizer então dos sentimentos que me habitam,
Trará quem sabe a loucura da minha lucidez;

Meus braços nos teus braços, tantas sensações,
Imagina nossos lábios, vozes, depois prazeres,
Um silêncio que ‘fala’ por todo o corpo;

Meus braços nos teus braços, tantas sensações,
Paredes a nos proteger, cúmplices recíprocas,
Secretas guardiãs de frenesis em noites d’amor.

















Postagens populares