"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

sábado, 1 de março de 2014

Espaço Homenagem Viva: [ Ariadne Cavalcante... ]









Homenagem Viva











Eclipse
Ariadne Cavalcante
Rio de Janeiro - RJ


Queria colo, afago,
Uma carícia em meus cabelos
Um gesto simples que me sorrisse...

Não esse ponto preto que vejo
Enganando a vista, manchando o claro,
Esse eclipse fortuito antagonista...





 






Jardins Imperfeitos
Ariadne Cavalcante
Rio de Janeiro - RJ


Nos jardins
imperfeitos de amores,
queixumes, rosas cor de sangue,
ciúmes, beijos,
paixão...

Tornei-me aos sentidos
"Orquidácida" exangue,
sem cheiro ou cor
Insípida flor,
consumida à exaustão...

E o amor,
tal furacão, passou...
Devastando tudo,
deixando apenas
rastro de desilusão...











Guardado em tua alma
Ariadne Cavalcante
Rio de Janeiro - RJ


A mão da poesia é esta
Que te toca, acaricia e acalenta,
E deixa-te um nó na garganta...

Guardo versos em um cântaro
E verto-os sobre ti
Em momento raro!
Atraem-te para perto,
Tocam-te levemente,
Banham-te docemente,

É breve o momento,
Mas sei, ficará para sempre
Guardado em tua alma...











Nas Entrelinhas...
Ariadne Cavalcante
Rio de Janeiro - RJ


Nas entrelinhas tento desvendar
teus mistérios, e por elas
chegam-me os mais
amorosos e quentes versos!

Nas entrelinhas posso ouvir
tua voz cálida em meus ouvidos
sussurrando-me palavras de teu amor

E é quando mais aprendo de ti.
Do submerso, subentendido... Mas consciente
Desse teu universo mais particular...

Nas entrelinhas é quando mais te posso admirar,
Distingo-te, desvendo-te, me visto de ti...
Nas entrelinhas, é quando
mais te posso sentir

Menos distante...

Estás comigo, me fazes amor...
Tocas meu corpo, me beijas, me sugas a boca,
E me sorves deliciosamente, gole a gole...
Degustas-me devagar,
Demoras pra terminar...

Nas entrelinhas nunca resisto ao
teu jeito de amar...











Fio d'água
Ariadne Cavalcante
Rio de Janeiro - RJ


Passei pelo fogo,
À prova.
Sequei.
Mas hoje, fluída,
Á flor da pele,
Tão fina,

Sou fio d'água
Transparente
Escorro mágoas,
Derramo

Saudades...
Fecho os olhos,
Consigo tocar-te...

Transbordo em tua alma?

Quem dera...











Preciso de ti
Ariadne Cavalcante
Rio de Janeiro - RJ


De teu aconchego,
De olhar em teu rosto,
sentir o teu gosto e
Deixar-me perder em teu corpo

Preciso sentir teu calor
aninhar-me em teu peito
Entregando-me sem receio
ou algum pudor...

Preciso que esse amor se revele,
sentir nossas almas ardendo em febre,
provar que esse amor é de verdade
transformar nossos sonhos em realidade...








Postagens populares