"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

sábado, 22 de junho de 2013

Boletim 78 - [ Vida... A Espera d'uma Decisão... Entre Amor e Amizade... ]












Vida...
Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 25/novembro/2000



Vida...
Começo,
Meio,
Fim,
Crescer,
Aprender,
Vencer,
Criança,
Pai,
Mãe,
Avós
Avôs,
Tios;


Vida,
Adolescência,
Rebeldia,
Insegurança,
Ingenuidade,
Malícia,
Descobrir,
Prazer,
Sexo,
Experiências,
Dedicação,
Estudos,
Progresso;

Vida,
Realização,
Continuidade,
Amor,
Ida,
Vinda,
Chegada,
Vida – vem,
Vivência,
Velhice,
Vida – vai,
Paz,
Eternidade,
Deus...






 






A Espera d'uma Decisão...
Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 11/junho/2002



Não há como imaginar o quanto estou a sofrer,
Distante de você buscando uma maneira de resistir,
Quanto procuro encontrar uma forma qualquer que seja,
Poder enganar por alguns segundos meus sentimentos;

Não consigo mais disfarçar a mente com outros pensamentos,
Quando penso estar conseguindo, menos ainda acredito,
Pego-me traindo, justamente a quem não consigo, a mim,
Sei que estou a me iludir, mas não encontro outra solução;

Seu nome me vem à mente a todo instante,
É inútil disfarçar, a indecisão me consome,
Não consigo mais mentir sobre minhas emoções,
Um desejo incontrolável me provoca;

Faz a razão por paz suplicar,
Uma voz mais forte me impele a ir a diante,
Em busca de atitudes que não posso realizar,
Como é difícil entender esta palavra amar;

Lembro constantemente de sua fala comigo...
Somos apenas amigos, não se iluda,
Meu coração não é seu, não sofra por minha causa,
Não consigo encontrar palavras para responder;

Um grande silêncio sela meus lábios,
As palavras conspiram contra mim,
Permanecem presas a meu corpo,
Alimentando uma dor que não consigo me libertar;

A vida está brincando conosco,
Eu penso se conseguirei sobreviver,
Eu penso se sobreviveremos a mais este jogo,
Quem vencerá! O destino ou nosso amor;

Tenho medo, muito medo confesso,
Destruir este sentimento o qual nos envolve,
Meu carinho e afeto eu oferto-lhes a você,
Mesmo tendo somente um não como retorno;

Sei que estamos lutando contra,
Porque precisamos sofrer, explica-me...
Lutamos atoa para não estarmos juntos,
Está no brilho de nossos olhos;

Liberte-se de seus medos...
Estou a sua espera,
Nossas almas almejam a mesma sintonia,
Cumplicidade, afeto, harmonia e respeito mútuo.










Entre Amor e Amizade...
Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 24/julho/2002


Se as minhas palavras lhe fazem bem, perdoa-me…
Se as minhas palavras lhe fazem mal, perdoa-me...
Confesso não saber mais como agir!
Tenho medo e insegurança como você;

Um desejo que me impulsiona a ir em frente,
Sei que não terei nenhuma oportunidade,
Já ouvi isto inúmeras vezes de seus lábios,
Suas palavras atravessam meus ouvidos;

Retenho o som da sua voz quando me sorri,
Quando vejo o brilho dos seus olhos refletirem nos meus,
O desejo pelo prazer do toque dos seus lábios,
A felicidade da sua presença ao meu lado;

Por vezes lutamos por quem não nos quer,
Insistimos até a ferida sangrar,
Exaurimos pelo não corresponder,
O destino nos manipula tal qual num jogo de dados;

Prometo não chorar pela sua decisão,
Ficarei sim, triste por alguns dias,
Mas a compreensão haverá pela atitude,
Se não lhe posso conquistar pelo amor, entenderei;

Prefiro por qualquer outro sentimento estar presente,
Poder nos ofertar o prazer de uma conversa,
O tempo do falar franco e sincero,
Saber que a vida nos presenteou com a amizade...





 



Postagens populares