"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Boletim 207 - [ Olhar que 'fala'... Alma de vento... 'Filhos' de coração... Todos nós... Fez-se laranja meu olhar... ]






















Olhar que 'fala'...
Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 08/setembro/2016


Bondoso ser que ainda se faz humano,
Acolheste-me do frio, talvez da morte,
Deste-me a chance d'um novo viver;

A sensação de ser amado e amar...

Oferto-lhe, pois a minha felicidade,
A sinceridade presente em meus olhos,
Como o mais puro gesto de agradecimento.





















Alma de vento...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 06/setembro/2016 


Minh’alma é livre,
Não pertence
A ninguém;

‘Reside’ cá
Em meu peito,
Sorri ou chora;

Segue ao vento,
Vai longe,
Porém retorna;

‘Pulsa’ emoções,
Faz-se e desfaz-se,
‘Nasce’ e ‘renasce’;

‘Respira’ sentimentos,
Ora de saudade,
Ora de solidão;

Sonha com o gostar,
Almeja ao amor,
A pureza d’um beijo;

‘Leva-me’ pela vida,
‘Devolve-me’
‘Cobra-me’;

Dá-me tudo o que preciso,
Retira também sem piedade,
Ensina-me e refaz-me;

‘Reside’ cá,
Segue ao vento,
‘Pulsa’ emoções;

‘Respira’ sentimentos,
‘Molha-me’ na chuva,
Faz-me pleno e vivo;

Sou pele, sou essência,
Dá-me tudo o que preciso,
Minh’alma é livre.





















‘Filhos’ de coração...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 02/setembro/2016


De certo poderia dizer que a vida foi injusta para comigo,
Mas analisando e revendo a existência vejo que não foi não,
Sei que não me ofertou a chance de ser pai na essência e de sangue,
Mas me fez e faz ser feliz e realizado com meus ‘filhos de coração’;

Compartilham comigo as alegrias e as artimanhas, até chateações,
Contam-me, pois suas experiências, as aventuras e até os amores,
Buscam-me para esclarecer dúvidas, questionamentos, um abraço,
Há em nós tamanha confiança que parecemos mesmo pai e filhos;

De certo poderia dizer que a vida foi injusta para comigo,
Tive sim muitas lágrimas pelo caminhar, pedras e percalços,
Mas hoje tudo se faz paz, felicidade e plena harmonia;

Compartilham comigo as alegrias e as artimanhas, até chateações,
São sorrisos espontâneos, verdadeiros e honestos, emocionantes,
São almas em lapidação que ‘refinam’ a este ser cada qual com a sua pureza.






















Todos nós...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 06/setembro/2016


Todos nós
Somos nossos
Próprios santos
Também demônios
Cabe-nos...
Discernimento
Por qual
Caminho
Seguir;

Todos nós
Somos nossas
Próprias emoções
Também sentimentos
Cabe-nos...
A escolha
Por qual
Vertente
Agir;

Todos nós
Somos nossas
Próprias alegrias,
Também nossas dores,
Cabe-nos...
A atitude
Sensata
Para não
Sofrer;

Todos nós
Somos nossas
Próprias derrotas
Muito mais nas vitórias
Cabe-nos...
Compreender
Respeitar
Sempre
Lutar;

Todos nós
Somos nossos
Próprios sorrisos
Também em lágrimas
Cabe-nos...
Equilíbrio
Encontrar
Harmonia
Paz;

Todos nós
Somos o resultado
O conjunto do que se é
De tudo o que se vive e sente
Há momentos de felicidade
Há momentos de raiva
Somos ainda
Imperfeitos
Humanos;

Todos nós
Caminhamos na escuridão
Certos do absorver da ‘Luz’
Por aprendizados
Por maturidade
Por humildade
Por amor
Por
Fé.






















Fez-se 'laranja' meu olhar...
Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 08/setembro/2016


Ontem
durante
o caminhar
da tarde
fez-se
'laranja'
meu olhar...

Interrompeu
aos meus passos
descompromissados
orquídeas encantaram
aos meus olhos
que rapidamente
lhes fitaram;

Como
de costume
não resisti, parei
para observar
a beleza
Divina
da natureza;

Primeiro ‘fotografei’ cá
em meus olhos d’alma
depois nesta imagem
para de certo ofertar
as demais pessoas
a magia que nos
‘brinda’ o Criador.














Postagens populares