"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Boletim 217 - [ Pai Nosso - Oração em poesia... Nossas bênçãos... Salvei a nós... Tempos d'outrora... Ave Maria - Oração em poesia... ]




















 

Pai Nosso...
[ Oração em poesia ]
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 06/novembro/2016


Pai nosso que estais no céu,
Olhai, pois por cada um de nós,
Santificado seja o Vosso Nome,
Respeitemos a ti sempre oh Criador;

Venha a nós o Vosso Reino,
Se assim formos verdadeiros merecedores,
Seja feita a Vossa vontade,
Traga-nos as Bênçãos da tua Luz;

Assim na Terra como no Céu,
Purifique nossas almas e dê-nos Paz;
O pão nosso de cada dia nos daí hoje,
Ensina-nos ao agradecer sincero e constante;

Perdoai-nos as nossas ofensas,
Mostrai-nos sempre o melhor caminho,
Assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido,
Que não viva em nós nem o ódio, nem tão pouco o rancor;

E não nos deixeis cair em tentação,
Abra-nos sempre os olhos para o bem,
Tira de nós todo tipo de maldade;

Mas livrai-nos do mal,
Sendo assim purifica nossos corpos,
Pensamentos e n’alma oh Pai, Amém.






















Nossas bênçãos...
[ Pelo aniversário de minha sobrinha do coração L-I-V-I-A ]
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 09/novembro/2016


Sorri-nos a vida com o comemorar da tua terceira primavera,
Alegria contagiante que nos oferta o sincero 'alimento' d'alma,
Recebemos de ti menina, pura criança que a nós todos encanta,
Unimo-nos, pois para de certo comemorar junto a ti esta benção;

Sorri-nos a vida com o comemorar da tua terceira primavera,
Compartilha junto dos teus a pureza e leveza do teu franco sorrir,
A magia que de ti emana, a ingenuidade, o ser 'liberto' de maldades,
Ensina-nos assim a mágica do viver, do perpetuar da leveza do ser;

Somos todos abençoados por estarmos perante de ti a comemorar,
Em cada um de nós há a oferta da mais sincera felicidade emanada,
Que o Criador zele por ti, 'abra-lhe' os caminhos certos a seguir;

Somos todos abençoados por estarmos perante de ti a comemorar,
A emoção em nós é o bálsamo que nos dá a certeza da beleza da vida,
Parabéns 'anjinho', presente que nos fortalece e perpetua a sagrada família.























Salvei a nós...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 05/novembro/2016


Perdoa-me, mas salvei a nós,
Terminei o que já havia ‘morto’,
Éramos apenas ‘podre’ aparência,
Figuras decorativas sem sentido;

Não mais respirávamos ao mesmo ar,
Havia entre nós a pior dor, distancia,
Acompanhava-nos a ferir a saudade,
Atiçava-nos a desconfiança e receios;

Cansei meus olhos com lágrimas,
Não mais acreditava nas tuas palavras,
Tão pouco via brilho em teus olhos;

Tomou-me um repente de razão,
Abdiquei das emoções e sentimentos,
Perdoa-me, mas salvei a nós...























Tempos d’outrora...
[ Homenagem aos seresteiros: Antonio Carlos Fioravanti e Roberto Man ]
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 06/novembro/2016


Na mente resiste às boas lembranças,
Cenas d’um passado distante, mas ‘vivo’,
As serenas e tranquilas manhãs de domingo,
Quando ouvia logo cedo ao cantar dos pássaros;

As crianças pouco a pouco a acordar para a vida,
Logo a brincar pelas calçadas em risos e segurança,
Pega-pega, amarelinha, futebol, bolinha de gude,
Tempo que nada lhes cabia, senão ser felizes;

As pessoas se cumprimentavam com respeito,
Havia a educação, o trato e o cuidado,
Uma amizade próxima e palpável;

As músicas,
Melodiosas,
Belas letras,
Seresteiros,
Serestas,
Tangos,
Xotes,
Sons
Em
Paz;

Emoções e sentimentos,
Canções que ‘tocavam’ no coração,
Acolhia namorados, casais em puro amor.























Ave Maria...
[ Oração em poesia ]
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 05/novembro/2016


Ave Maria...
Sublime e Bondosa Senhora,
Mãe de Deus, cheia de graça,
Abençoa cada um de seus filhos;

O Senhor é convosco,
Onipotente e único Criador,
Bendita sois vós entre as mulheres,
Que se faz ouvir de nós nossas preces;

E Bendito é o fruto de vosso ventre, Jesus,
Aceitou ao mais puro dos puros,
Santa Maria Mãe de Deus,
Mãe de todos que possuem Fé inabalável;

Rogai por nós os pecadores,
Não só quando precisamos de tu’ajuda,
Agora e na hora de nossa morte, Amém,
Pois aos excluídos e bem aventurados acolherá.


















Postagens populares