"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Boletim 216 - [ Querubim... Envelhescência... Espelho d'Alma... ]
























Querubim...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 28/outubro/2016


É possível ‘sentir’ que há em ti aura tão límpida,
‘Flutua’, pois ao seu redor a essência da bondade,
‘Manifesta-se’ no expressar do teu meigo olhar,
Na suavidade que se faz emanar do som da tua voz;

Pronuncia as palavras de modo tão calmo e sereno,
Encanta de certo a quem perto de ti estiver a lhe ouvir,
Sente-se a paz que ‘reina’ ao teu redor e dos próximos,
A vida parece perder o ritmo louco e se harmonizar;

É possível ‘sentir’ que há em ti aura tão límpida,
É como se nos fosse permitido ‘tocar’ na pureza,
Ouvir a voz d’um anjo, porém entre nós e mortal;

Pronuncia as palavras de modo tão calmo e sereno,
Ao teu lado certamente encontro-me como abençoado,
Sou o mais feliz dos viventes, tenho n’alma tu’amizade.






















Envelhescência...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 22/outubro/2016


Enquanto ‘caminhamos’ e amadurecemos com as lições da vida,
Também vamos como mérito lentamente conquistando ao envelhecer,
E isto, tal como ‘prêmio’ nos faz esquecer um pouco da juventude,
Das coragens, da arrogância, da língua felina, da rispidez das palavras,
Fazes próprias do viver de adolescente que busca um novo mundo;

Não é por maldade que se age sendo mais grosso ou então arrogante,
É mesmo pela falta dos ensinamentos, dos aprendizados não vividos,
Tudo precisa e deve ser do jeito que se imagina, não há porquês,
Se há um encontro, é assim, se é uma festa, é ‘assado’, até uma reunião,
De certo é necessário o presenciar para entender e depois ponderar;

Nem sempre irá ferir as atitudes, mas em algum momento sim e forte,
Isto também é parte desta busca de vivência, de crescimento interior,
Entender, quem sabe, aos seus limites ou estar em busca ‘destes’ mesmos,
Ferir para não ser ferido ou ser ferido para não mais ser tola vítima;

O que deve contar na verdade são as lições e a maturidade, pois obtida,
Se permanecer a infantilidade, de nada terá valido ao sofrer e ao ato,
A beleza em cada ser está em compreender a ‘música’ e não erra-la,
Que se encontre o equilíbrio sensato e feliz pelo fato da envelhescência...

 





















Espelho d’alma...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 30/outubro/2016


Se fores belo cuida-te, pois há quem te veja feio,
Se fores feio não tema, dou-te a beleza interior,
Se fores bom, parabéns procuro pela tal maldade,
Se fores maldade desista, abençoo-te com a bondade;

Se fores rude e frio, oferto-lhe, pois a suavidade da paz,
Se fores suavidade peço-te de certo ponderar as atitudes,
Se fores atitudes que bom, que encontres as tuas escolhas,
Se fores d’escolhas, atente e rege em ti o discernimento;

Se fores feito pura emoção e sensação, roubo de ti o vazio,
Se fores vazio não te aflija, busco dar-te o ‘nascer’ da esperança,
Se fores feito esperança bem digo e clamo em ti a solidariedade,
Se fores solidariedade que ‘liberte’ a mão que se faz amiga;

Se fores o aprendiz do viver sincero compreende e a tudo respeita,
Se fores feito do amor és total sentimento, és então vida plena,
Não tema, és Dádiva do Criador reluz como espelho d’alma,
És, portanto um ser, diria completo, a sublime criação.
















Postagens populares