"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

sábado, 19 de março de 2016

Boletim 182 - [ Sombra do Criador... Expressar... Simples assim... ]

























Trabalho do artista plástico piracicabano: Marcelo Romani Borges de Araujo

"P-O-E-T-U-R-A": poesia que 'nasce' da pintura"

Sombra do Criador...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 15/março/2016

No longo ‘caminhar’ da vida e por tantas estradas,
Algumas de difícil jornada, outras mais brandas,
Ora em questionamentos, ora na certeza da paz,
Sigo meu destino, confiante, mesmo nas adversidades;

Suportando algumas dores, também abençoado por alegrias,
Resistindo as tentações das facilidades que não levam a nada,
Consciente que o melhor a fazer é ser pessoa justa e íntegra,
Faço por vivenciar aos aprendizados ofertados pelo viver;

Segue-me fiel companheira a Fé, depois a mágica natureza,
Colírio de meus olhos, os quais não se cansam de ‘admirá-la’,
Enfeitiça-me com as suas cores, os seus sons e seus mistérios;

Oferece a suavidade de passos leves mesmo quando a trilha é de pedras,
Muito mais quando há uma descida ou uma subida que pede decisão,
De certo há de haver uma sombra merecida, na verdade a Mão do Criador.





















Expressar...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 12/março/2016

Minha poesia tem momentos que é triste tal qual a um fado,
‘Nela’ canto a noite no desejo que logo se faça pleno o dia,
‘Cultuo’ ao beijo, aquele quase sem fim, que divide ao mar e a terra,
As sensações possíveis que se encontram entre o céu e o chão;

Minha poesia tem momentos que é triste tal qual a um fado,
Faça-se, eu sei a essência das palavras que ‘clamam’ a liberdade,
‘Rouba’ enfim dos olhos as tristes lágrimas que esperam alçar voo,
Permitindo que ‘estes’ brilhem então pelo o que é bom, o gostar;

Trago de certo o pranto de meu povo, também as suas alegrias,
‘Falo’ daquele amor que excita, das palpitações, do êxtase d’alma,
Das peles rubras em desejos que não se ‘falam’, vivenciam;

Trago de certo o pranto de meu povo, também as suas alegrias,
Acolho as flores, o soprar do vento, o sabor da brisa, a vida,
Faço ‘viva’ as emoções, os sentimentos, o ‘nascer’ d’amor.





















Simples assim...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 12/março/2016

Faço,
Refaço,
Invento,
Reinvento,
Sou assim,
É assim que sou,
‘Dou’ vida,
As palavras,
As emoções,
Aos sentimentos,
‘Libertam-se’ em:
P
O
E
S
I
A















Postagens populares