"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

sábado, 13 de fevereiro de 2016

Boletim 177 - [ Dias de carnaval... Recíproco amor... Brigadeiro... ]











                












Dias de carnaval...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 08/fevereiro/2016


Carnaval, quatro dias de folia,
Para tal dependerá do seu coração,
Para que a vida seja então alegria,
Se possível livre das dores e agonia;

Carnaval, quatro dias de folia,
Acontecerá quem sabe o gostar,
Para alguns até o verdadeiro amor,
Para outros amargura e a dura desilusão;

Que as canções se façam então sublime poesia,
Se possa dançar, sorrir, ser feliz e compartilhar,
Que o viver se faça suave melodia no abre alas;

Que as canções se façam então sublime poesia,
Seja de paz a magia, de harmonia e sabedoria,
Alguns dias de serpentina, confete e muita emoção.









                









Recíproco amor...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 05/fevereiro/2016


Numa tarde que eu sei jamais esquecerei,
Nossos olhos se encontraram num mesmo olhar,
Por instantes perdemos ao nosso caminhar,
Mas para que mesmo ir em frente;

O destino nos dava tudo o que mais precisávamos,
Um encontro repentino, o ‘nascer’ do gostar,
Um sentimento tão inexplicável, mas tão palpável,
Tão envolvente, que ‘reside’ em nossas peles;

‘Bagunçou-nos’ as palavras, as expressões e o sentir,
‘Tirou-nos’ o chão firme e nos fez pisar n’água fresca,
‘Libertaram-se’ em nós as emoções, as sensações, a vida;

Numa tarde que eu sei jamais esquecerei,
Chegaste aos meus braços, depois ao meu coração,
Tenho o melhor de ti, temos o melhor de nós, o recíproco amor.









                









Brigadeiro...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 06/fevereiro/2016


Faz-se um desejo,
Pode ser necessidade,
Até descontrole,
Quase uma loucura;

Poucos ingredientes,
Um estado de êxtase,
Uma benção dos deuses,
Um delirar de sensações;

Utiliza leite condensado,
Colheres de chocolate,
Uma porção de manteiga;

Se pode até variar e acrescentar,
Algum tempo de fogo e paciência,
Para a felicidade d’olhos ‘nasce’ brigadeiro.









                



Postagens populares