"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

sábado, 15 de agosto de 2015

Boletim 151 - [ Recompensa... Morte... Pescador... Pai... Árvore da vida... ]




"O que este ser/instrumento escreve ou é compelido a 'libertar' através das palavras emana do bem, da verdade e de tudo que grande parte dos seres humanos/espírito hoje se negam a acreditar e a praticar: caridade, bondade, amizade, honestidade, respeito e sobremaneira na falta premente da sua Fé..."
'Ser de Luz'

















Recompensa...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 11/agosto/2015



Sou tão simples e mortal quanto a você,
Apenas fui escolhido para escrever,
Transformar sentimentos e emoções,
'Dar' vida as sensações em forma de palavras;

Sou tão simples e mortal quanto a você,
Capto saudades, solidões, passado,
Absorvo-me das alegrias que estão no ar,
Também das tristezas perdidas em lágrimas;

'Encontram' em mim o seu porto seguro,
Ancoram, descansam e se reorganizam,
'Contam-me' suas histórias por um tempo de paz;

'Encontram' em mim o seu porto seguro,
Quando cá se fazem 'seguras' 'libertam-se',
Sendo assim como recompensa faço ‘nascer' a poesia.




















Morte...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 09/agosto/2015


Não deveis me temer,
Eu não lhe trago o mal,
Sou apenas um mensageiro,
Um ‘trocador’ de tempo;

Não deveis me temer,
Pensarás que ceifo a vida,
Engana-te, ceifo a dor,
A doença que lhe consome;

‘Livro-te’ das chagas do corpo,
Da aflição que lhe tira a paz,
‘Rouba-lhe’ o essencial viver;

‘Livro-te’ das chagas do corpo,
Acompanhar-te-ei apenas...
As escolhas já fizeste enquanto vivo.



















Trabalho do artista plástico: Marcelo Romani Borges de Araujo

[ POETURA - Poesia que 'nasce' da pintura ]
Pescador...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 09/agosto/2015


Mais um dia de luta e muito trabalho nos espera,
Contudo abençoa-nos o céu com o sol ao barco que parte,
As águas com a sua calmaria e os peixes que nos acolhem,
De certo iremos e voltaremos felizes com ou sem pesca;

Esta é a nossa lida, buscar ao pescado que nos alimenta,
Trazer, contudo para os demais as ofertas do Criador,
Respeitar sempre as forças da natureza que nos comanda,
Dá-nos, mas retira, com o justo discernimento do merecer;

Mais um dia de luta e muito trabalho nos espera,
Este é o viver diário do pescador, do passageiro do mar,
Paciência e resignação pelo dia que há e pelo que falta;

Esta é a nossa lida, buscar ao pescado que nos alimenta,
‘Filhos’ do mar e de Iemanjá nossa rainha, Mãe acolhedora,
Justa e bondosa aos que vivem do provento de suas águas.




















Pai...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 08/agosto/2015


Tanto tempo já se passou,
Conversas que ficaram caladas,
Abraços que não existiram,
Proximidades ainda ausentes,
Saudades e lembranças,
Sensações que o tempo não ‘cala’,
Recordações que ofertam risos,
Outras que ‘libertam’ lágrimas,
Uma mescla de emoções,
Um ‘mar’ de sentimentos,
Experiências e aprendizados,
Lições da vida, também ofertadas,
Entendidas entre vozes,
Por vezes com gestos,
Com um simples assovio,
Memórias que jamais se perderão,
Ficaram presentes, marcadas,
De certo nos olhos,
Na pele, n’alma,
Deste teu filho,
Que sempre te amou,
Sempre te amará,
Meu querido pai.




















Árvore da vida...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas® - Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 13/agosto/2015


A vida pode ser exemplificada como as folhas d’uma árvore,
São ramificações concebidas por um caule forte e saudável,
Mas para que tal ocorra é preciso que haja o discernir,
Que se busque aprender ao que é bom e ao que é ruim;

Cada qual é testado para que descubra e conheça as suas forças,
Saiba quando deve ir enfrente ter paciência ou apenas parar,
Entenda o caminho a seguir, desviando dos percalços quando possível,
O tombo não significa apenas perder, mas também adquirir maturidade;

A vida pode ser exemplificada como as folhas d’uma árvore,
Para vingar precisa de raízes bem constituídas e solidez,
Para que exista a nobreza galgada na simplicidade dos atos,
Respeito que se oferta se faz recíproco e assim compartilhado;

Cada qual é testado para que descubra e conheça as suas forças,
Aprenda a não ‘pisar’ no próximo, mas praticar a bondade tão necessária,
O mal que aqui se faz nem sempre aqui será este pago, ficará pendente,
Ao contrário da boa ação que praticada será a Luz da eternidade.














Postagens populares