"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

sábado, 13 de junho de 2015

Boletim 142 - [ No silêncio dos amantes... Filhos da vida... A rosa da tua pele... Palavras em silêncio... Há pessoas que ficam... Em mim... ]




















No silêncio dos amantes...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto d’Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 12/junho/2015


 Há palavras que nos ‘toca’ na face como se fossem beijos,
Trazem de certo consigo as letras da pessoa que se ama,
Sons tão presentes que nos faz mais forte perante a morte,
Não nos oferta o medo que chega à noite, tão pouco a solidão;

Há palavras que nos ‘toca’ na face como se fossem beijos,
Expressões que se beijam como bocas entre prazer e sensações,
‘Colorem’ assim ao viver como poesia em harmonia feita amor,
Instigam mentes e corpos, desejos e emoções, evidentes sentimentos;

‘Libertam-se’ em euforias, beijos que clamam a nudez no calor da noite,
Multitons em pleno êxtase, letra a letra, pele com pele em intimidades,
Bocas em silêncio, lábios atrevidos, mãos que se encontram na falta de permissão;

‘Libertam-se’ em euforias, beijos que clamam a nudez no calor da noite,
Há palavras que nos ‘toca’, trazem consigo as letras, sons tão fortes,
Palavras que se beijam como poesia, ‘libertam-se’ em euforias, puro gostar dos amantes.


















Filhos da vida...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto d’Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 11/junho/2015

Quis tanto da vida, que ‘esta’ me desce a experiência d’um filho,
Minha cópia carnal e emocional, de certo meu reflexo,
O brilho do meu próprio espelho enquanto mortal,
Mas querer não é ter a consciência de poder,
Querer não é exigir como uma ordem que ameaça,
Tão pouco determinar que se faça ao estalar de dedos;

Quis tanto da vida, que ‘esta’ me desce a experiência d’um filho,
Querer é ter humanidade, humildade, maturidade para o não,
É compreender o que se faz mérito, o que se faz resiliência,
É compreender o que se faz certo e justo ou resignação,
É respeitar os desígnios do destino e do próprio viver;

Mas esta vida que a tanto se cobra não é feita a crueldade,
Fez-se e faz-se justa a este ser d’outra singela maneira,
Deu-me como homem o caminho do discernimento d’um pai,
Ofertou-me a visão aguçada d’um amigo que se faz presente;

Ensinou-me que ser o genitor não é apenas o que partilha,
Muito mais se é aquele que se oferta com o próprio sangue,
Ouve, orienta, aconselha, acolhe e ampara, consegue ser ouvido,
Faz-se enfim pai não d’um único filho, mas dos que buscam afeto e respeito.


















A rosa da tua pele...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 10/junho/2015

Na maciez,
Das pétalas,
D’uma rosa,
Acaricio-as tais,
Como se fosse,
A tua pele;

É sublime seda,
Feita a sensações,
Momentos de carícias,
Tempo de desejos,
Oferta de emoções,
Essência e sentimentos;

A tua pele,
É sublime seda,
Feita a sensações,
Como se fosse
Momentos de carícias
Na maciez d’uma rosa;

És a flor que repousa,
Acolhida em meu peito,
Protegida em meus braços,
Feitiço d’os meus olhos,
Gostar a flor da pele,
Paixão que se faz n’alma puro amor.



















Palavras em silêncio...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 09/junho/2015

Perdi-me,
sem sombra
de dúvida
de todas
as palavras;

‘Estas’ ‘secaram’
em minha garganta;

Abandonaram
meu ser
evidenciando
de certo
amargura e solidão.


















Há pessoas que ficam...
Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 09/junho/2015

Há pessoas que ficam...

Na mente,
Nos olhos,
No sorriso,
Nas lágrimas,
Na chuva,
No caminho,
Na história,
Presentes,
Marcadas,
Esquecidas,
Ausentes,
Distantes,
Ignoradas,
Abandonadas,
Desejadas,
Renegadas,
No passado,
Na saudade,
Na solidão,
Na lembrança,
Nas carícias,
Nas emoções,
Nos desejos,
Nas sensações,
Nos beijos,
Nos sentimentos,
Nas mãos,
Na pele,
No prazer,
No corpo,
No êxtase,
No coração,
Na vida,

Há pessoas que ficam... N'alma.


















Todo amor...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 07/junho/2015

Todo amor,
Deve ser liberdade,
Prazer,
Satisfação,
Alegria,
Magia,
Para tal,
Dependerá,
De certo,
Do brilho,
Dos teus olhos,
Dos olhos d’outro,
Das emoções,
Não só das ‘tuas’,
Da razão,
Ora equilíbrio,
Ora descompasso,
Das sensações,
Das palavras,
Das mãos,
Das carícias,
Das peles,
Que se fazem únicas,
Da suavidade,
Dos beijos,
Do calor dos lábios,
Da verdade mútua,
Da cumplicidade,
Do gostar sincero,
Do afeto,
Da transparência,
Das atitudes,
Essencialmente,
Do respeito compartilhado.


















Em mim...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: Piracicaba, 13/junho/2015

Habita em mim,
Uma pele ferida,
Nela tristeza,
Saudade,
Solidão,
Lembranças,
Não das tuas dores,
Mas de certo do teu riso.














Postagens populares