"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Boletim 108 - [ Nas asas da liberdade... Deixa-me... Encantado caminhar... ]








 
 






Nas asas da liberdade...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 18/agosto/2014


 A liberdade a nada se prende e alça voo quando menos se espera,
É assim que ‘esta’ age e deve sempre ser, pois não escolhe, pratica,
Livre faz-se o corpo físico, as emoções renascem com vigor n’alma,
Alerta que o viver é um instante, um sopro, mas deve ser intenso;

A liberdade a nada se prende e alça voo quando menos se espera,
Não se faz notar por cor, por credo, ou por religião, pois é universal,
E assim que esta deve ser, forte como um desejo, uma realização,
Uma conquista, uma coragem, concebida em vitória a qualquer tempo;

Haverá ganhos, haverá perdas, adversidades que fazem parte do jogo,
Certamente haverá lágrimas, não importam se de alegria ou tristeza, aprendizados,
O que ficará de valioso será a maturidade conquistada, a compreensão;

Haverá ganhos, haverá perdas, adversidades que fazem parte do jogo,
Sentimentos que se absorverão da saudade, da solidão e do silêncio a favor da esperança,
Nascerá em cada ser o que há de mais belo na vida, o amor e a solidariedade.












Deixa-me...
[dueto]
Inês de Araujo Porpino
e
Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 15/agosto/2014


Deixa-me...
Quero ser transparente na pureza dos desejos,
Conhecer sua intimidade,
Compartilhar os meus mais íntimos segredos,
Decifrar seus pensamentos,
Depois ensinar-te a conhecer os 'meus',
Revirar seu passado,
Depois o 'meu' e por fim recomeçarmos livres,
Arrumar suas gavetas,
Reorganizar as 'minhas' pelas suas mãos,
Beijar seus lençóis,
Embriagar-me do teu perfume em sedução;

Deixa-me...
Ser presente no seu viver,
Encontrar-me e perder-me em carícias,
Deslizar em seu corpo,
Nossas peles em perfeita sintonia,
Conhecer seus caminhos,
Mostrar-te como será o nosso caminhar,
E te 'matar' de paixão,
Sermos felizes pelas emoções e sentimentos;

Deixa-me...
Todas as noites amá-la para ser amado,
Te levar ao firmamento,
Depois trazer-te ao calor dos meus braços,
Conhecer às estrelas,
Sonharmos à luz da lua dos amantes,
E num entrelaço de corpos,
Ouvirmos nossos corações, a respiração ofegante,
Me perder na imensidão!
E saber que não mais estaremos desamparados;

Deixa-me...












Encantado caminhar...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 14/agosto/2014


 Segura firme a minha mão e vem comigo neste encantado caminhar,
Vamos juntos apreciar as belezas que a nós compartilha a natureza,
Respirar dos aromas presentes na mata, o cheiro de terra batida,
Ouvir em silêncio o cantar dos pássaros os quais nos acompanham;

Segura firme a minha mão e vem comigo neste encantado caminhar,
Não tenha medo, nem pressa alguma, que nossos passos sejam vagarosos,
Poderemos assim absorver de toda esta tranquilidade, deste espetáculo de cores,
Sejamos de tal forma parte da paisagem que brilhem aos ‘olhos’ do coração;

Esqueçamos-nos do tempo que nos consome em prol da harmonia presenteada,
Libertemos nossas emoções e sentimentos, a vida é feita de mágicos instantes,
Que possamos sorrir juntos quando as lágrimas se fizerem livres em nós;

Esqueçamos-nos do tempo que nos consome em prol da harmonia presenteada,
Olhemos com atenção a nossa volta e eternizemos tudo aos ‘olhos’ d’alma,
Logo adiante nos espera o céu azul enfeitado de nuvens brancas em sublime paz...









Postagens populares