"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

sábado, 9 de novembro de 2013

Boletim 87 - [Foste tu!... Surpresa de aniversário... Este sou eu... Madrugada de amor...]
















 Foste tu!...
Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 24/outubro/2013

Foste tu!... Desejos e caprichos meus, apenas tu,
Um ser fantasia que concebi a vida em minha mente,
A companhia a qual sempre almejei e quis ao meu lado,
Especial, repleto de sentimentos e cumplicidades;

Foste tu!... Mesmo que saído de minha imaginação, apenas tu,
Água doce e fresca que na noite suaviza minha pele,
Calorosos beijos, arrepiantes a brincarem pelo meu corpo,
Palavras meigas sussurradas na madrugada em meus ouvidos;

Foste tu!... Pensamentos e delírios, meu melhor prazer,
Carícias que se fazem palpável realidade entre sonhos,
Engana-me a esperança em meu viver, arrebatadora paixão,
Não me arrependo da escolha, és a minha luz em meus dias;

Foste tu!... A essência do não viver em solidão, existir, um elixir,
Libertam-me assim as dores, as perdas, as feridas que sangram,
Não há conflitos entre razão e emoções, há profunda paz,
Equilíbrio para as adversidades e ao que vier a ser real;

Foste tu!... Desejos e caprichos meus, apenas tu,
Um ser fantasia que concebi a vida em minha mente,
Foste tu!... Mesmo que saído de minha imaginação, apenas tu,
Água doce e fresca que na noite suaviza minha pele;

Foste tu!... Pensamentos e delírios, meu melhor prazer,
Não há conflitos entre razão e emoções, há profunda paz,
Foste tu!... A essência do não viver em solidão, rogo felicidade,
Há com certeza o perdão para os meus deleites, sou carne e alma.












 Surpresa de aniversário...
Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 24/outubro/2013

Hoje o jardim de minha casa amanheceu multicolorido,
Uma surpresa, festa para a 'menina' dos meus olhos,
Beija-flores em revoada, outros nos galhos em descanso,
Tamanha alegria contagiante que até me percebi criança,
Fiquei a pensar, foi um mero acaso da natureza?
Acredito que foi a paz e tranquilidade do meu 'cantinho' verde,
Vou ser pretensioso, mas creio que foi um presente de aniversário...













 Este sou eu...
Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 03/outubro/2013

De tempo em tempo as palavras me 'abandonam',
Fazem de meu ser um silêncio único, quase sepulcral,
'Esvaziam' a minha mente, coração e sentimentos,
Resta-me o consolo d'alma que me reconforta,
Contudo, do mesmo jeito que as palavras se vão, voltam,
Ai eu renasço por inteiro, com novas emoções, desejos,
E sem egoísmo algum eu as 'liberto' para todos...












 Madrugada de amor...
Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 18/outubro/2013

No silêncio de minha madrugada,
Me desperto com a tua presença junto a mim,
Nada faço, apenas aguardo os gestos e as atitudes,
Sorrateiramente aconchega-se ao meu lado;

Com mãos em atrevimento acaricias minhas partes,
Enquanto aguardo o ensejo absorvo-me de teus toques,
Carícias que transpõem a pele física, ‘tocam’ em minh’alma,
Capturada pela inércia encontro-me no desejo do teu beijo;

Aproximamo-nos, boca com boca, doce sabor,
Sentimentos que me afloram com sofreguidão,
Na delícia da tua língua, este deslizar que me deixa enlouquecida,
Retribuo-lhe com amor toda a minha paixão.








Postagens populares