"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

sábado, 31 de agosto de 2013

Boletim 82 - [Assim é o viver: ora abandono, ora recomeço... País de podres faces... Limite, respeito e harmonia... Envelhecer... Falso amor... Navegar... Mesmo assim perdoo-te... Olhar... Dores emocionais... Secreto desejar... Harmonia poética...]












Assim é o viver:
ora abandono, ora recomeço...

Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 22/agosto/2013
As vezes nos abandonamos dos seres e palavras que criam sentimentos,
Fechamo-nos para as emoções por medo em virtude das dores, cicatrizes,
'Trancamo-nos' em nós mesmos e fazemos por perder as possíveis chaves;

Esquecemos que novas portas esperam para serem abertas constantemente,
Superar exige um certo tempo, a compreensão e por fim o amadurecer,
Por vezes clama-se apenas por lágrimas, isolamento, sensações adversas;

Somos que compelidos num chamar pela solidão que aproxima a saudade,
Mas haverá o momento que tudo se fará Luz e a felicidade brilhará,
Estaremos 'curados' do passado físico e prontos para a vida que segue.












 País de podres faces...

Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 19/agosto/2013
Na minha adolescência eu ouvia que o Brasil era o País do futuro,
Nestes anos todos aprendi e compreendi que esta não é a verdade,
A frase correta e enfática é outra, bem disfarçada para o logro do povo,
Você que é honesto, que trabalha será iludido e surrupiado para nos sustentar,
Enganaremos, mentiremos, roubaremos como políticos pelo bem do povo,
Muitos outros assim seguirão em benefício próprio e detrimento de muitos,
Será assim registrado nos livros de História, para a vergonha de muitos:
[Brasil, este é o País para a corrupção usual e futura, um País de ladroagem...]












Limite, respeito e harmonia...

Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 15/agosto/2013
Manhã fria, sopra o vento a nos avisar,
Queira-se ou não faz-nos sentir as limitações,
Entender que para tudo cabe um certo respeito,
Cada qual no seu espaço e posição,
Faz-se de frágil e delicada a natureza;

Contudo, perene é o ser que se diz humano,
A vida e a natureza sobrevive em harmonia sem este ser,
Já este mesmo ser sem a harmonia do planeta de nada vale,
Ainda é tempo para o refletir e para as soluções,
Viver de forma harmoniosa é essencial para tudo...












Envelhecer...

Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 17/agosto/2013
Envelheço com a vida que me é doce, as vezes amarga companheira,
Ora 'desfaço-me' em lágrimas as quais logo liberto de meu corpo,
Ora sou puro riso que faço por compartilhar com outros alegremente,
Assim vou absorvendo e praticando as lições deste tempo passageiro...













Falso Amor...

Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 17/agosto/2013
Em um tempo que só à nós pertenceu eu lhe amei,
Fui à ti tão transparente que conheceste meus defeitos,
Fui à ti tão sutil e simples que não percebeste minhas qualidades,
Fizeste do tempo um engano, negligenciaste o teu gostar,
Não respeitaste meus sentimentos, muito menos os teus...












Navegar...

Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 07/agosto/2013
Ainda há dores, mas o 'barco' precisa navegar,
Não há como apenas permanecer no ancoradouro,
Novos oceanos esperam para serem explorados,
Há também os mesmos mares a velejar em paz;

Ainda há dores, mas o 'barco' precisa navegar,
Seja em água doces ou salgadas, haverá o consolo,
As cicatrizes precisam ser lavadas, muito mais curadas,
Olhar para o horizonte e libertar as emoções;

Sentimentos sempre existirão guarda-los ei n'alma,
Sensações que foram e continuarão sendo meu esteio,
Vivência e aprendizados que me forjaram pela vida;

Sentimentos sempre existirão guarda-los ei n'alma,
Ainda parecerei ser apenas metade, mas já sou inteiro,
Viverás sempre em mim, com certeza eu viverei em paz.












Mesmo assim perdoo-te...

Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 17/agosto/2013
 Quantas vezes foste visto por meus olhos indo cultuar ao teu Deus,
Aos seus pés sempre jurou fervor e respeito, devoção e dedicação,
Para depois usar de tantas palavras em vão, em falso testemunho,
Se nas poucas vezes que lhe observei ao falar de mim apedrejava-me...












Olhar...
Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaTosí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 09/agosto/2013
 Ah!, Estes teus olhos,
fazem-me perder as diretrizes,
ofuscam minha razão,
sutilmente acometem-me de desejos...












Dores emocionais...

Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 19/agosto/2013
 Há dores emocionais que as pessoas não veem,
Escolhem se enraizar no interior do corpo físico,
Escolhem por ferir no coração, por vezes n'alma...
Disto tudo o pior sentimento é o ignorar do outro;

Acreditar que nunca irá se contaminar pelo sofrer,
Acolha tanto a pessoa como a dor que precisa libertar,
Não espere você pela chance de senti-la no abandono,
Será tarde, não haverá, um sorriso, nem uma mão amiga.












Secreto desejar...

Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 08/agosto/2013
 Descontrola-me a cada contato o teu semblante sedutor,
Instigando-me a doçura deste teu olhar que me encanta,
Oferta o olhar de teus olhos serenidade e a paz que clamo,
Difícil assim me faz o disfarçar de meus sentimentos,
Sonhos com teus lábios, muito mais, quantos desejos...
Pela dúvida que se faz cruel, mais por falta de coragem,
Permaneço eu longe do gostar num mar de silêncio...












Harmonia poética...

Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 08/agosto/2013
 Do tempo 'alimenta-se' sutilmente a poesia,
Da poesia 'nutre-se' saborosamente o tempo,
Carregam, levam, trazem, libertam palavras,
Evidenciam emoções, sensações e sentimentos,
Em harmonia ofertam paz ao corpo e n'alma...








Postagens populares