"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

[Boletim 68] - Difícil esquecer... Cada qual sabe o que precisa... Reciprocidade...





"Que venha 2013..."

[Este espaço denominado "Árvore dos Sentimentos" foi concebido através de seu primeiro boletim em: 21/agosto/2010, de um sonho que se fez e se mantém real, das pessoas que aqui participam, das pessoas que visitam este espaço, das pessoas que 'alimentam-se' de poesia, que ofertam a si um tempo para suas emoções, para seus sentimentos, para a vida. Digo a todas estas pessoas eu sou grato, pois delas e por elas eu prossigo, eu acredito, eu busco, liberto as palavras, as verdades, as saudades, o amor e compartilho livremente...]





Difícil esquecer...
Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSi®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 14/março/2012


Antes quando acreditava haver entre nós uma convivência,
Mesmo que tantas vezes ficasse na expectativa da tua chegada,
Ainda havia em mim dúvidas e tristezas que fingia superar,
Um constante aguardar por afetos, carícias, sufocadas pelo tempo,
Quase sempre sensações que não aconteciam no real da vida;

Hoje que já não nos é ofertado o conviver, nem mesmo risos,
Vivo ainda preso a um sofrer e na expectativa da tua chegada,
Há hoje saudade, lágrimas, disto tudo apenas um grande vazio,
Ainda sim insisto, fico a espera do que não virá, os afetos almejados,
Que sei infinitamente consciente que não acontecerão nunca mais;

Não sei mais explicar onde meu mundo real reside, desmoronou,
Se na expectativa do quase nada, das mentiras que ouvi e neguei,
Se na certeza que tudo nunca foi verdadeiro, apenas uma opção,
Ficaram-me com certeza as sobras, as músicas que ainda consolam,
Lembranças estas enraizadas em minha pele, o que dirá n'alma;

Vícios e desejos que não podem ser esquecidos assim do nada,
Teria que para tal ceifar meu existir para assim me livrar de vez,
Necessito mais é viver, mesmo que tudo isto represente muita dor,
Serei sucumbido pelo implacável tempo, mas estarei aqui em vida,
Muito melhor assim, do que pela morte em puro esquecimento.




Cada qual sabe o que precisa...
Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSí®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 24/maio/2012


Há momentos...
Que precisamos tanto do silêncio,
Que precisamos tanto de uma voz amiga,
Que tudo nos é ofertado sem escolha;

Há momentos...
Que tudo se resume em lágrimas,
Que tudo se resume em sorrir,
Que o conforto maior é um abraço;

Há momentos...
Tanto do silêncio,
Tanto da voz amiga,
Das lágrimas e do sorrir;

Há momentos...
Que nada é mais valioso e verdadeiro,
Do que a amizade que nos acolhe,
Nos faz flutuar n'alma com sua paz...




Reciprocidade...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSí®
Poeta de Luz® – Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebido em: 31/outubro/2008


Crê-se,
Vez ou outra,
Que...
Encontra-se de repente,
O grande amor;

Mas isto,
É uma sensação...
Apenas temporária,
Não passa d'uma experiência,
Amadurecimento;

Um aprendizado...
Que deixa algumas marcas,
Faz por gostar da sensação,
De ferir profundamente,
N'alma;

Cobrar, exigir, que se compreenda,
Isto não significa gostar,
Gostar é desprendimento,
Confiança de ambas as partes,
É reciprocidade;

Caso contrário,
Resultará em perdas,
Mágoas e ressentimentos,
Uma saudade...
Um sentimento quase sem fim;

O conhecer...
Do amor dor,
Não lhe permite,
O conhecer...
Do amor que resulta em vida.



Postagens populares