"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Espaço Divulgação 13 - [José Camdinba Dala... Bruno Dias... Rosangela Baccan... Yana Moura... Juliana Gallicchio Valerio... Fernando Tanajura... Sandra Ribeiro...]





Espaço Divulgação

[ ... A poesia em ação... ]
[ ... Aqui você é bem recebido[a]... ]
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .




O que vem do coração,
ninguém pode julgar...
José Camdinba Dala
Angola
[recantodasletras.com.br]
Escrevi de facto
E veio do crio da alma
Se alguém escreveu ou pensou com antecedência
Então foi uma pura coincidência
E acaso é normal...
Há sofrimento por todo canto
E quando penso num problema
Nasce-me um pensamento
E para não deixá-lo evaporar
Deixo-o em documento...
E com vista a decretar o enigma publico-o
Para as pessoas de bom senso
Que a lerem
Comunguem comigo
Ou reflectirem mais...

O que vem puramente do coração, ninguém pode julgar.



Silêncio das palavras não ditas...
Bruno Chaves Dias
[sitedepoesias.com]
No ensurdecedor silêncio das palavras não ditas,
Tens a boca fechada... mas continuamente gritas,
Indecisões que desafiam as decisões que evitas.
Verdades que omites são guiadas pelas mentiras.

O caminho é rápido e por mais vezes que o repitas
Irá ficar somente com a sensação de evolução,
Não caminhas... flutuas é certo, mas na ilusão,
Pois o verdadeiro caminho é o que tem coração.

Podes me chamar tolo ou o que tiveres mais à mão
Uma coisa é certa... a mentira não é uma realidade,
Apenas incapacidade de revelar-se, pura estagnação,
Creio ser a escuridão a pedir socorro à claridade.

Pede a mentira a tua bondade, tira-lhe a inveja,
Deixa-a sentir a eternidade que jamais se cobra,
Aconselha-a que por mais bonito alguém seja,
Perderá o momento se tentar brilhar à sombra.




O que é o amor?
Francis Perot
Macaíba - RN
[recantodasletras.com.br]
O que é o amor?
Sintomas?
Elemento de fantasias?
Situação que sustenta o
interesse de querer-te?
O amor é o estado propenso
a afeto duradouro
e responsáveis.
Disposição de espírito
que induz uma pessoa a outra
dedicar, através do sentimento
carinho...




A Esperança
Rosangela Baccan
Piracicaba - SP
[recantodasletras.com.br]
Quando vivemos uma desilusão,
perdemos o chão.
Achamos que não tem solução.
Mas, com o tempo as coisas mudam.
A tristeza vai embora,
porque existe sempre um alguém,
que aparece do nada e lhe dá força e coragem.
Os bons momentos voltam.
Você recupera o sorriso e a alegria.
Recomeça uma nova vida.
Seu coração bate mais forte,
seus olhos brilham.
Começa a sonhar novamente.
Pois onde há vida, existe esperança,
onde houver esperança existirá a vida.




Horas Mortas
Yana Moura
Picos - PI
[recantodasletras.com.br]
Meu silêncio: um escudo.
No cismar de ponteiros confusos
pretérito segundos.

Meu barulho: tic-tac semi mudo.
Inquietude nos olhos
horas mortas no tempo.




Mundo de Criança
Juliana Gallicchio Valerio
São José dos Campos - SP
[recantodasletras.com.br]
Hoje deu vontade de brincar
Corri para o quintal
E lá estava o meu balanço
Dele, nunca me canso

Como é gostoso balançar!
Sentir o frescor do ar
Daqui prá lá, de lá prá cá
Apenas eu e o vento

Fecho os olhos e ouço
As folhas velhas que caem
Balanço cada vez mais

Borboletas voam
Colorindo o céu
Parece desenho
Sobre o papel

Por falar nisso
Agora vou estudar
Tem hora certa para tudo
E amanhã encontrarei o balanço
No mesmo lugar.




Exercício de Sedução
Fernando Tanajura
Brasil - Estados Unidos
[recantodasletras.com.br]
Eu te pedia
e tu não davas

Eu insistia
tu me negavas

Tudo era em vão
- dizias não

Ao pedir mais,
tudo foi sim

Tu repetias:
não, não, não, não...




Como Não Te Amar?
Sandra Ribeiro
Santos - SP
[ recantodasletras.com.br ]
Como não te amar?
Se ainda desperta em mim
um fascínio envolvente,
teu olhar ainda me seduz
quando fala comigo em silêncio.

Como não te amar?
Se acalenta minhas dores,
e afaga meu coração,
quebra a rotina estrangulando
o convencional.

Como não te amar?
Se sou fiel à reciprocidade
do amor que me dedica,
e me compreende sem cobranças.

Como não te amar?
Se sou dependente do
aconchego do teu colo,
e do acalento dos teus braços.

Como não te amar?
Se és parte essencial da minha vida,
se ter perder, não sobreviverei...







Postagens populares