"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

sexta-feira, 9 de março de 2012

[Boletim 48] - Amar... Entre um sentimento e outro... Metade...

Amar!...
Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSi®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 11/novembro/2010


Amar!... É muito mais que:
Um 'emprestar' de corpos,
É vivenciar sentimentos,
Absorver sensações,
Ofertar emoções,
Descobrir a si,
Descobrir ao outro,
Compartilhar prazeres,
Criar cumplicidades,
Respeito.



Entre um sentimento e outro...
Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSi®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 08/abril/2002


Meu único sentimento por você é saudade,
Uma dor que me faz constantemente lembrar...
Imaginar você chegando de repente,
Sonhar com aquele seu meigo olhar;

Recordar seu doce e puro sorriso,
Seu jeito simples, por vezes ingênuo,
A paz que me proporcionava ao teu lado,
A harmonia que julgava perdida;

Quantos risos juntos compartilhamos,
Quantas lágrimas derramei em felicidade,
Quanto me acolheu com teu carinho,
Quanto inteiro senti-me ao teu lado;

O toque das tuas mãos em meu corpo,
Amei cada carícia, cada gesto,
Quanto sonhei tudo o que vivemos,
Quanto senti quando tudo isto terminou;

Hoje somos apenas passado...
Gestos, pensamentos, atitudes,
Ficaram para trás perdidas,
Confundidos pela realidade;

Ainda insisto para que tudo regresse como era,
Esquecer o que houve e recomeçar,
Mas aos poucos compreendo que não acontecerá,
Somos como a água que corre cachoeira abaixo;

Não há como voltar, o caminho é um só,
Seguir sempre em frente,
A vida não permite o retrocesso,
Não temos como resgatar o tempo vivido;

É preciso assumir com coragem as decisões,
Enfrentar a vida não é fácil,
Enfrentar a si próprio também não é fácil,
Porém entre flores ou pedras é preciso prosseguir;

Consolar-se na música, reencontrar-se...
Encontrar as respostas as perguntas pendentes,
Transformar a dor em amadurecimento,
Reconquistar a paz interior;

Erguer o rosto e ver o sol brilhar,
Dissipar a ilusão e as mágoas,
Caminhar outra vez mesmo que lentamente,
Aprender a sorrir novamente e amar.



Metade...
Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSi®
Poeta de Luz® - Arquiteto de Almas®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: antes do ano de 2000


Sou a metade em dor...
sou a parte que busca pela paz,
sou a parte que não é feliz,
sou a parte companheira da solidão;

Sou a metade em dor...
sou a parte que os sentimentos gritam,
sou a parte que apenas deseja,
sou a parte companheira do não realizado;

Sou a metade em dor...
sou a parte renegada,
sou a parte abandonada na noite,
sou a parte companheira de ninguém;

Sou a metade em dor...
sou a parte que sangra,
sou a parte que sofre,
sou a parte que não cicatriza;

Sou a metade em dor...
sou a parte que não quer ser dois,
sou a parte que clama um pouco de amor,
sou a parte que roga misericórdia;

Sou a metade em dor...
sou a parte da parte,
sou a parte que busca ser um todo,
um ser que não quer ser parte, mas total.


Postagens populares