"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

"Aqui se 'vive' e se 'respira' poesia... Faça parte deste espaço, siga-nos...

sábado, 19 de novembro de 2011

[Boletim 41] - Felicidade e Solidão... Tola Atitude... Meu Homem... Pedido em Oração...

Felicidade e Solidão...
Celso Gabriel de Toledo e Silva – CeGaToSi®
Arquiteto de Almas® - Poeta de Luz®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 01/outubro/2011
Vivencio nesta vida um grande amor...
Porém, ele é incerto e imprevisível,
Faz-se presente de tempo em tempo;

Não há com certeza um dia exato,
Sempre me é uma feliz surpresa,
Acontece de inesperado, chega do nada;

Assim, sempre permaneço no aguardo,
Sei, contudo, que haverá alegria,
Encontrarei o carinho e afeto;

Haverá nosso tempo de paz,
Harmonia e também conversas,
Na noite muito mais a descobrir;

Porém, sei que vez ou outra,
Uma dor sorrateira, a saudade,
Chega até a mim e se faz de oferecida;

Maliciosa me oferta como presente lembranças,
Aos poucos uma sensação que me sucumbe,
Aceito uma dose, outra e mais outra;

Quando consigo perceber e parar,
Já se faz tarde... Perco-me na embriaguez das emoções,
Pela falta do teu amor e pela solidão.


Tola Atitude...
Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSi®
Arquiteto de Almas® - Poeta de Luz®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 03/junho/2010
Minhas verdades não foram suficientes para nos unir,
Não conseguistes ouvir o som da minha voz, meus relatos,
Fui prudente em demasia, contudo sem retorno da tua parte,
Esperei pela compreensão do que não entendia em você;

Parecia que caminhávamos em sintonia, ambos de mãos dadas,
Tristemente só eu que tinha esta percepção, a ti nada era certo,
Nosso mundo que seria poesia comum morreu em teus gestos,
Até o sorrir mutuo que trocamos perdeu-se na tua indiferença;

Tristes têm sido meus dias no aguardo de teu contato,
Insisto mesmo tendo consciência que não devo só me magoarei,
Nossa história findou-se mesmo antes de começar,
Falhei por não aceitar teu convite, você por insistir na tua atitude;

Queríamos muito mais, ser mais que um casal, amantes,
Contudo nem amizade nem um casal de amantes, nada vingou,
Haverá a mesma sensação de arrependimento em ambos,
Despreparo da tua parte, excesso da minha em transparência. 



Meu Homem...
Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSi®
Arquiteto de Almas® - Poeta de Luz®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 01/dezembro/2009
........
[ Poesia feita através do pedido de uma amiga que
expressasse os prazeres do amor-amante ]
Este ser que tanto aguardo,
Sonho e desejo reais,
Chegará assim numa madrugada,
Do inesperado, sequer lembrado;

Virá sorrateiro como almejo,
Encontrar-se-á comigo pelo destino,
Um olhar, um sorriso discreto,
O mesmo calor em nossos corpos;

Numa noite fria,
Indecentemente será meu cobertor de amor,
Será a chama de vida,
A luz temporária que me realizará;

Serei eu e ele...
Boa música, bom vinho,
Carícias, afagos e safadezas,
Livres das fantasias envoltos em êxtase.


Ao[a] Meu[minha] Amigo[a]
um Pedido em Oração...
Celso Gabriel de Toledo e Silva - CeGaToSi®
Arquiteto de Almas® - Poeta de Luz®
Poeta dos Sentimentos®
Concebida em: 02/08/2001
Ó dúvida que me consome...
Porque me preocupar com o outro?
Faço por buscar um entendimento,
Mas não consigo palavras para traduzir,
Posso estar indo longe com minhas idéias,
Estar extrapolando meus pensamentos...
Mas é inevitável quando se gosta de alguém...
Quando há um carinho maior envolvido,
Mas isto é tão doloroso, conviver com dúvidas, insegurança,
Permita-me Deus que isto não seja para mim uma realidade;

Éramos antes estranhos...
De repente o contato surgiu...
E com o passar do tempo se firmou,
Pouco a pouco deixamos de ser estranhos para sermos bons amigos,
Não há como se desligar...
Pensamentos vão e vem,
Medo...
Quando os amigos se respeitam os sentimentos se fundem,
Não imaginar situações fica quase que impossível,
Há um confabular conjunto, recíproco...
Quisera Deus estar errado na minha análise,
Peço realmente que esteja...
Senhor, eu não sou digno de pedir a Vós,
Mas interceda por meu amigo,
Mantenha-o no seu caminho real...
Trazei-o protegido por seu anjo,
Pelos bons e sólidos pensamentos;

Dá-lhe o resguardo necessário...
Não o impedi de conhecer o errado,
Mas que o discernimento seja sempre para o lado correto da vida,
Sei que peço muito, mas perdoa-me...
Se olhardes por seus filhos atende-me,
Pisas os mesmos passos de meu bom amigo,
Porém não deixe que tropece jamais,
Daí os sustos que precisarem ser dados para aprender a lição,
Mas nunca o desampare...
Seremos aos seus olhos sempre crianças...
Crianças que buscam a mão do Pai zeloso,
Do Pai que protege,
Do Pai que orienta,
Que oferta o amor puro e simples para viver esta vida,
Viver com Paz e harmonia...


Postagens populares